sexta-feira, 11 de fevereiro de 2011

Cursinho troca apostilas por iPads

Os alunos do curso pré-vestibular Integral, de Campinas (São Paulo), não vão mais precisar de livros e apostilas nas salas de aulas. A partir de março, o cursinho vai utilizar iPads como material didático e ferramenta de estudos.


O esquema vai funcionar da seguinte forma: ao fazer a matrícula no curso, o estudante receberá o iPad por meio de um contrato de comodato, a partir do qual pode usar o equipamento para estudos, dentro ou fora das dependências do curso. Ao final de um ano de curso, o aluno ficará com o tablet.

Segundo Ricardo Falco, diretor do Integral, acessar conteúdos de notícias e manter-se atualizado é essencial para que o aluno seja bem-sucedido nas provas. “O perfil do vestibular mudou e, por isso, queremos reinventar o modelo de cursinho também", explica Falco, que acrescenta: "Não adianta apenas passar uma lista de exercícios para o aluno estudar. Ele tem que estar bem informado."

A Integral vai disponibilizar todo o conteúdo do curso, como apostilas didáticas e aplicativos úteis para os estudos. Com o tablet, o estudante terá ainda acesso a jornais, revistas e todas as obras literárias exigidas nos vestibulares, cujo conteúdo é de domínio público.

Ao entrar na sala de aula, o iPad de todos os alunos será sincronizado a uma central, a partir da qual terá acesso ao conteúdo da aula. “Em casa eles farão o que quiserem com o iPad, mas na escola eles seguirão nosso modelo de conteúdo, sem joguinhos ou distrações”, conta Ricardo.

A ideia é que o aluno tenha mobilidade e possa levar todo o material de estudos para qualquer lugar, se utilizando de uma tecnologia que já é íntima dos adolescentes e que diminui drasticamente o uso de papel.

A matrícula do curso custa R$ 1.475,00 e é limitada a 90 alunos, 30 estudantes por sala de aula. 


--------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------- 
Retirado de: Olhar Digital.

quinta-feira, 10 de fevereiro de 2011

What is your cyborg name?

Navegando destraidamente na internet,visitando vários blogs alheios,encontrei o Universo 42 nele encontrei um site interessante oThe cyborg name decoder para que você descubra como seria seu nome se você fosse um ciborgue.Olha,já descobri o meu e de meus companheiros de blog,que tal descobrir o seu ?



                      
---------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
Retirado de:Universo 42
Larissa Menezes


terça-feira, 8 de fevereiro de 2011

Harder, Better, Faster, Stronger - Daft Punk


Daft Punk é uma dupla de música eletrônica, formada por  Guy-Manuel de Homem-Christo e Thomas Bangalter, ambos franceses, em 1987 e permanece até hoje, sendo considerada a pioneira da música eletrônica.
Recentemente, o Daft Punk fez a trilha sonora completa do filme "Tron - O Legado".

Música: Harder, Better, Faster, Stronger
Ano: 2001
Álbum: Discovery
A música, principalmente, se baseia na sequencialização de pequenas porções de vozes de uma forma tanto lógica como melódica. Há 7 sequências no single onde 4 fazem parte do início, 2 são junções dos primeiros e a sétima é a junção das sequências que fazem a junção das sequências do início. Esta sétima se encontra na parte final e, por consequência de ser a sequência mais longa e de ser a que mais se repete, é o principal elemento musical.
A música não dá muita importância ao sentido lógico da letra, não que não tenha, que fique claro, mas sim, de como ela é posicionada e remixada, por isso, não é errado dizer que o single é estilo, além de House, Eletrônico Instrumental.
---------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
Fontes: WikipediaLetras e Last fm.

segunda-feira, 7 de fevereiro de 2011

Um instrumento... DIFERENTE!


Era uma vez um moleque que queria – ainda quer, na verdade – entrar para o Blue Man Group, mas foi rejeitado.
Depois disso, Snubby J (é este o nome dele) ficou deprimido e resolveu se trancafiar no quarto por um tempo, um longo tempo. Durante este período, ele criou um “instrumento”, feito de canos de PVC, no qual ele pode tocar qualquer coisa. Acredite.
Nessa apresentação ele passa por Mario Brothers Theme, Bad Romance (Lady Gaga), Viva La Vida (Cold Play), Like a Virgen da Madonna e até James Bond Theme. Além de todas as outras músicas e o grand finale, que conta com a participação de um amigo dele e uma dancinha ridícula.
As músicas são:
-Office Theme Song (0:18)
-Linus and Lucy (0:38)
-Turkish March (1:13)
-Mario Brothers Theme (1:27)
-In the Hall of the Mountain King (1:54)
-Bad Romance (2:07)
-Viva La Vida (2:50)
-Like a Virgin (3:03)
-Crazy Train (3:23)
-Harder, Better, Faster, Stronger (4:01)
-James Bond Theme (4:15)
-Pirates of the Caribbean Theme (4:35)
-The Final Countdown (featuring my friend, Quin) (4:56)



--------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------- 
Fontes: Barbearia Clube e YouTube. :B

sábado, 5 de fevereiro de 2011

Conto de Verão nº2:Bandeira Branca


Ele: tirolês. Ela: odalisca; Eram de culturas muito diferentes, não podia dar certo. Mas tinham só quatro anos e se entenderam. No mundo dos quatro anos todos se entendem, de um jeito ou de outro. Em vez de dançarem, pularem e entrarem no cordão, resistiram a todos os apelos desesperados das mães e ficaram sentados no chão, fazendo um montinho de confete, serpentina e poeira, até serem arrastados para casa, sob ameaças de jamais serem levados a outro baile de Carnaval. Encontraram-se de novo no baile infantil do clube, no ano seguinte. Ele com o mesmo tirolês, agora apertado nos fundilhos, ela de egípcia. Tentaram recomeçar o montinho, mas dessa vez as mães reagiram e os dois foram obrigados a dançar, pular e entrar no cordão, sob ameaça de levarem uns tapas. Passaram o tempo todo de mãos dadas.Só no terceiro Carnaval se falaram.- Como é teu nome? - Janice. E o teu? - Píndaro. - O quê?! - Píndaro. - Que nome!
Ele de legionário romano, ela de índia americana.
Só no sétimo baile (pirata, chinesa) desvendaram o mistério de só se encontrarem no Carnaval e nunca se encontrarem no clube, no resto do ano. Ela morava no interior, vinha visitar uma tia no Carnaval, a tia é que era sócia.
- Ah.
Foi o ano em que ele preferiu ficar com a sua turma tentando encher a boca das meninas de confete, e ela ficou na mesa, brigando com a mãe, se recusando a brincar, o queixo enterrado na gola alta do vestido de imperadora. Mas quase no fim do baile, na hora do Bandeira Branca, ele veio e a puxou pelo braço, e os dois foram para o meio do salão, abraçados. E, quando se despediram, ela o beijou na face, disse -Até o Carnaval que vem- e saiu correndo.
No baile do ano em que fizeram 13 anos, pela primeira vez as fantasias dos dois combinaram. Toureiro e bailarina espanhola. Formavam um casal! Beijaram-se muito, quando as mães não estavam olhando. Até na boca. Na hora da despedida, ele pediu:
- Me dá alguma coisa. - O quê? - Qualquer coisa. - O leque. O leque da bailarina. Ela diria para a mãe que o tinha perdido no salão. Divisor Horizontal Clássico
No ano seguinte, ela não apareceu no baile. Ele ficou o tempo todo à procura, um havaiano desconsolado. Não sabia nem como perguntar por ela. Não conhecia a tal tia. Passara um ano inteiro pensando nela, às vezes tirando o leque do seu esconderijo para cheirá-lo, antegozando o momento de encontrá-la outra vez no baile. E ela não apareceu. Marcelão, o mau elemento da sua turma, tinha levado gim para misturar com o guaraná. Ele bebeu demais. Teve que ser carregado para casa. Acordou na sua cama sem lençol, que estava sendo lavado. O que acontecera?
- Você vomitou a alma – disse a mãe.
Era exatamente como se sentia. Como alguém que vomitara a alma e nunca a teria de volta. Nunca. Nem o leque tinha mais o cheiro dela.
Mas, no ano seguinte, ele foi ao baile dos adultos no clube – e lá estava ela! Quinze anos. Uma moça. Peitos, tudo. Uma fantasia indefinida.
- Sei lá. Bávara tropical – disse ela, rindo.
Estava diferente. Não era só o corpo. Menos tímida, o riso mais alto. Contou que faltara no ano anterior porque a avó morrera, logo no Carnaval.
- E aquela bailarina espanhola? – Nem me fala. E o toureiro? – Aposentado.
A fantasia dele era de nada. Camisa florida, bermuda, finalmente um brasileiro. Ela estava com um grupo. Primos, amigos dos primos. Todos vagamente bávaros. Quando ela o apresentou ao grupo, alguém disse -Píndaro?!- e todos caíram na risada. Ele viu que ela estava rindo também. Deu uma desculpa e afastou-se. Foi procurar o Marcelão. O Marcelão anunciara que levaria várias garrafas presas nas pernas, escondidas sob as calças da fantasia de sultão. O Marcelão tinha o que ele precisava para encher o buraco deixado pela alma. Quinze anos, pensou ele, e já estou perdendo todas as ilusões da vida, começando pelo Carnaval. Não devo chegar aos 30, pelo menos não inteiro. Passou todo o baile encostado numa coluna adornada, bebendo o guaraná clandestino do Marcelão, vendo ela passar abraçada com uma sucessão de primos e amigos de primos, principalmente um halterofilista, certamente burro, talvez até criminoso, que reduzira sua fantasia a um par de calças curtas de couro. Pensou em dizer alguma coisa, mas só o que lhe ocorreu dizer foi -pelo menos o meu tirolês era autêntico- e desistiu. Mas, quando a banda começou a tocar Bandeira Branca e ele se dirigiu para a saída, tonto e amargurado, sentiu que alguém o pegava pela mão, virou-se e era ela. Era ela, meu Deus, puxando-o para o salão. Ela enlaçando-o com os dois braços para dançarem assim, ela dizendo -não vale, você cresceu mais do que eu- e encostando a cabeça no seu ombro. Ela encostando a cabeça no seu ombro.
Divisor Horizontal Clássico.
Encontraram-se de novo 15 anos depois. Aliás, neste Carnaval. Por acaso, num aeroporto. Ela desembarcando, a caminho do interior, para visitar a mãe. Ele embarcando para encontrar os filhos no Rio. Ela disse -quase não reconheci você sem fantasias-. Ele custou a reconhecê-la. Ela estava gorda, nunca a reconheceria, muito menos de bailarina espanhola. A última coisa que ele lhe dissera fora -preciso te dizer uma coisa-, e ela dissera -no Carnaval que vem, no Carnaval que vem- e no Carnaval seguinte ela não aparecera, ela nunca mais aparecera. Explicou que o pai tinha sido transferido para outro estado, sabe como é, Banco do Brasil, e como ela não tinha o endereço dele, como não sabia nem o sobrenome dele e, mesmo, não teria onde tomar nota na fantasia de falsa bávara-
- O que você ia me dizer, no outro Carnaval? – perguntou ela. – Esqueci – mentiu ele.
Trocaram informações. Os dois casaram, mas ele já se separou. Os filhos dele moram no Rio, com a mãe. Ela, o marido e a filha moram em Curitiba, o marido também é do Banco do Brasil- E a todas essas ele pensando: digo ou não digo que aquele foi o momento mais feliz da minha vida, Bandeira Branca, a cabeça dela no meu ombro, e que todo o resto da minha vida será apenas o resto da minha vida? E ela pensando: como é mesmo o nome dele? Péricles. Será Péricles? Ele: digo ou não digo que não cheguei mesmo inteiro aos 30, e que ainda tenho o leque? Ela: Petrarco. Pôncio. Ptolomeu...
Luis Fernando Verissimo

sexta-feira, 4 de fevereiro de 2011

As 11 Regras de Bill Gates


Bill Gates foi convidado por uma escola secundária para uma palestra. Chegou de helicóptero, tirou o papel do bolso onde havia escrito onze itens. Leu tudo em menos de 5 minutos, foi aplaudido por mais de 10 minutos sem parar, agradeceu e foi embora em seu helicóptero.

Mas deixou os conselhos mais úteis que os kidadults de hoje poderiam receber.

* Regra 1 - A vida não é fácil: - acostume-se com isso.

* Regra 2 - O mundo não está preocupado com a sua auto-estima. O mundo espera que você faça alguma coisa útil por ele ANTES de sentir-se bem com você mesmo.

* Regra 3 - Você não ganhará R$ 20.000 por mês assim que sair da escola. Você não será vice-presidente de uma empresa com carro e telefone à disposição antes que você tenha conseguido comprar seu próprio carro e telefone.

* Regra 4 - Se você acha seu professor rude, espere até ter um Chefe. Ele não terá pena de você.

* Regra 5 - Vender jornal velho ou trabalhar durante as férias não está abaixo da sua posição social. Seus avós têm uma palavra diferente para isso: eles chamam de oportunidade.

* Regra 6 - Se você fracassar, não é culpa de seus pais. Então não lamente seus erros, aprenda com eles.

* Regra 7 - Antes de você nascer, seus pais não eram tão críticos como agora. Eles só ficaram assim por pagar as suas contas, lavar suas roupas e ouvir você dizer que eles são "ridículos". Então antes de salvar o planeta para a próxima geração querendo consertar os erros da geração dos seus pais, tente limpar seu próprio quarto.

* Regra 8 - Sua escola pode ter eliminado a distinção entre vencedores e perdedores, mas a vida não é assim. Em algumas escolas você não repete mais de ano e tem quantas chances precisar até acertar. Isto não se parece com absolutamente NADA na vida real. Se pisar na bola, está despedido... RUA !!!!! Faça certo da primeira vez!

* Regra 9 - A vida não é dividida em semestres. Você não terá sempre os verões livres e é pouco provável que outros empregados o ajudem a cumprir suas tarefas no fim de cada período.

* Regra 10 - Televisão NÃO é vida real. Na vida real, as pessoas têm que deixar o barzinho ou a boite e ir trabalhar.

* Regra 11 - Seja legal com os CDFs (aqueles estudantes que os demais julgam que são uns babacas). Existe uma grande probabilidade de você vir a trabalhar PARA um deles.

---------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
Retirado de: Unimais

Bom, se a história é verdadeira ou não, não sei dizer. De qualquer forma, gostei dessa última! xD

quinta-feira, 3 de fevereiro de 2011

Alguém ai tem uma escavadeira?

Caso alguém tenha, favor me informar pois quero fazer a mesma coisa que esse cara.


---------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
Retirado de: Saturados

quarta-feira, 2 de fevereiro de 2011

Quem nunca riu da desgraça alheia, que atire a primeira pedra.

Como eu to como sono e preguiça de ler e fazer um post diferente hoje, vou mandar mais um vídeo pra galera. Como vão perceber, eu adoro rir da desgraça alheia, mas em minha defesa, eu também dou muita risada da minha própria desgraça, a @MTornieri está de prova! Sem mais embromação, ta ai o video. =)


---------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
Só pra constar, já passei por várias dessas, mas infelizmente não tenho nada gravado.

terça-feira, 1 de fevereiro de 2011

Wonderwall - Oasis

Oasis foi uma banda de rock britânico que começou em 1994, formada inicialmente por Paul Arthurs (guitarra), Paul McGuigan (baixo), Tony McCarroll (bateria) e os irmãos Noel (guitarra e vocal) e Liam Gallagher (vocal). A banda teve seu fim em 2010, com a saída de Noel Gallagher, dizendo que "não poderia trabalhar nem mais um dia com Liam". A formação final era Noel Gallagher (guitarra e vocal), Gem Archer (guitarra), Andy Bell (baixo) e Chris Sharrock (bateria). Atualmente Liam Gallagher reuniu os ex-integrantes do Oasis (exceto Noel) para uma banda chamada "Beady Eye", que já possui dois singles lançados e um álbum marcado para 28 de fevereiro de 2011.


Música: Wonderwall
Ano: 1995
Álbum: (What's The Story) Morning Glory?






Wonderwall
Protetora
Today is gonna be the day
That they're gonna throw it back to you
By now you should've somehow

Realized what you gotta do
I don't believe that anybody
Feels the way I do about you now

Hoje será o dia
Que eles vão jogar tudo de volta em você
Por enquanto você já deveria, de algum modo,
Ter percebido o que deve fazer
Não acredito que ninguém
Sinta o mesmo que eu sinto por você agora

 Backbeat, the word was on the street
That the fire in your heart is out
I'm sure you've heard it all before

But you never really had a doubt
I don't believe that anybody
Feels the way I do about you now

Andam dizendo por aí
Que o fogo no seu coração apagou
Tenho certeza que você já ouviu tudo isso antes
Mas você nunca tinha uma dúvida
Não acredito que ninguém
Sinta o mesmo que eu sinto por você agora

And all the roads we have to walk are winding
And all the lights that lead us there are blinding
There are many things that I would like to say to you
But I don't know how
E todas as estradas que temos que percorrer são tortuosas
E todas as luzes que nos levam até lá nos cegam
Existem muitas coisas que eu gostaria de te dizer
Mas não sei como

Because maybe
You're gonna be the one that saves me
And after all
You're my wonderwall

Porque talvez
Você vai ser aquela que me salva
E no final de tudo
Você é minha protetora

Today was gonna be the day
But they'll never throw it back to you
By now you should've somehow
Realized what you're not to do
I don't believe that anybody
Feels the way I do about you now
Hoje seria o dia
Mas eles nunca vão jogar aquilo em você
Por enquanto você já deveria, de algum modo
Ter percebido o que você não deve fazer
Não acredito que ninguém
Sinta o mesmo que eu sinto por você agora

And all the roads that lead you there were winding
And all the lights that light the way are blinding
There are many things that I would like to say to you
But I don't know how

Todas as estradas que levam a você até lá são tortuosas
Todas as luzes que iluminam o caminho nos cegam
Existem muitas coisas que eu gostaria de te dizer
Mas não sei como

I said maybe
You're gonna be the one that saves me
And after all
You're my wonderwall (2x)

I said maybe
You're gonna be the one that saves me (3x)

Eu disse talvez
você vai ser aquela que me salvará
E apesar de tudo
Você é minha protetora (2x)

Eu disse talvez
Você vai ser aquela que me salvará (3x)

Erroneamente, acreditava-se que a letra da canção, feita por Noel, era dedicado a sua namorada na época, Meg Mathews. Mais tarde, com a canção já estabelecida como um sucesso, Noel disse que a mídia pegou o sentido, e que ele não teve escolha senão aceitar. Compreensível, já que o Mathews, era sua esposa, na época. O mais velho dos Gallagher, disse há alguns anos (uma vez divorciado) que a letra fala de "um amigo imaginário que viria para salvá-lo de si mesmo."

---------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
Sugestão: Jaun (ou ZZZZaun). ;)

segunda-feira, 31 de janeiro de 2011

Lugar

imagem: We Heart It

Olhei em volta e vi, ao longe, passado, presente e futuro, lado a lado, em harmonia. Sentir o vento em meu rosto e ter a certeza de que tudo daria certo, à partir daquele momento (à partir desse momento). Agora é apenas real, o que eu sempre quis pra mim, nada seria se comparado a esse momento.
Foi aí que renunciei tudo, só por saber que, finalmente, teria as pessoas certas comigo. Engraçado perceber que eu sempre quis o que não poderia ter, e só depois descobrir que o melhor era algo que eu tinha, mas nem sabia.
Ao meu lado, com olhos inocentes, porém mais conscientes que nunca, quem eu sei que sempre estaria comigo, em todas as momentos.
Marina Tornieri

sábado, 29 de janeiro de 2011

A pessoa errada





Pensando bem em tudo o que a gente vê e vivencia
e ouve e pensa, não existe uma pessoa certa pra gente.
Existe uma pessoa que se você for parar pra pensar é, na verdade, a pessoa errada.
Porque a pessoa certa faz tudo certinho!
Chega na hora certa, fala as coisas certas,
faz as coisas certas, mas nem sempre a gente tá precisando das coisas certas.
Aí é a hora de procurar a pessoa errada.
A pessoa errada te faz perder a cabeça, perder a hora, morrer de amor...
A pessoa errada vai ficar um dia sem te procurar
que é pra na hora que vocês se encontrarem
a entrega ser muito mais verdadeira.
A pessoa errada, é na verdade, aquilo que a gente chama de pessoa certa.
Essa pessoa vai te fazer chorar, mas uma hora depois vai estar enxugando suas lágrimas.
Essa pessoa vai tirar seu sono.
Essa pessoa talvez te magoe e depois te enche de mimos pedindo seu perdão.
Essa pessoa pode não estar 100% do tempo ao seu lado, mas vai estar 100% da vida dela esperando você.
Vai estar o tempo todo pensando em você.
A pessoa errada tem que aparecer pra todo mundo, 
porque a vida não é certa.
Nada aqui é certo!
O que é certo mesmo, é que temos que viver cada momento, cada segundo, amando, sorrindo, chorando, emocionando, pensando, agindo,
querendo,conseguindo...
E só assim, é possível chegar àquele momento do dia em que a gente diz: "Graças à Deus deu tudo certo"
Quando na verdade, tudo o que Ele quer é que a gente encontre a pessoa errada pra que as coisas comecem a realmente funcionar direito pra 
gente...
                                                                                         Luis Fernando Verissimo

sexta-feira, 28 de janeiro de 2011

Os 10 hábitos que mais irritam homens e mulheres

Casais brigam 312 vezes por ano, diz pesquisa britânica
Uma pesquisa feita na Grã-Bretanha com 3 mil pessoas indicou que os casais brigam em média 312 vezes por ano - principalmente às quintas-feiras por volta das 20h, por dez minutos.
O levantamento, encomendado por um varejista online de artigos e peças para banheiros, sugeriu que a esmagadora maioria das brigas se origina de motivos banais, como deixar pelos na pia, entupir o ralo do chuveiro com cabelo e "surfar" entre canais de TV.
"Todos os casais brigam, mas ver o quanto eles discutem por causa de coisas simples, como as tarefas domésticas, nos faz abrir os olhos", disse o porta-voz sobre a pesquisa, Nick Elson.
"Parece muito tempo perdido em bate-bocas, independentemente de quão irritante sejam os hábitos."
As razões dadas por homens e mulheres refletem algumas já conhecidas e proclamadas diferenças no comportamento dos sexos.
Enquanto elas reclamam que os parceiros não trocam o papel higiênico quando este termina nem abaixam a tampa do aparelho sanitário, eles ficam nervosos quando as parceiras demoram para ficar prontas e reclamam sobre as tarefas domésticas.
Deixar as luzes acesas, acumular entulhos e não recolher as xícaras espalhadas pela casa após o chá ou café também são razões citadas por ambos os sexos para as brigas.
Oito de cada dez entre os três mil adultos britânicos pesquisados disseram ser obrigados a limpar, constantemente, a sujeira do outro.
E se as mulheres ficam mais frustradas com os hábitos dos parceiros, a pesquisa indicou que são eles que mais vêem nas razões banais motivos para uma separação.
Um quinto dos homens entrevistados disseram considerar essa opção em consequência das dificuldades de convivência.

A seguir, os hábitos que mais irritam as mulheres:

  • 1. Deixar pelos na pia
  • 2. Deixar a privada suja
  • 3. 'Surfar' entre canais de TV
  • 4. Não trocar o rolo de papel higiênico
  • 5. Não abaixar a tampa da privada
  • 6. Deixar as luzes acesas
  • 7. Xícaras sujas pela casa
  • 8. Toalhas molhadas no chão / na cama
  • 9. Acumular pertences
  • 10. Não dar descarga


E os hábitos que mais irritam os homens:
  • 1. Demorar para ficar pronta
  • 2. Reclamar que ele não faz nada
  • 3. Deixar as luzes acesas
  • 4. Entupir o ralo do chuveiro com cabelo
  • 5. Acumular pertences
  • 6. Encher a lata de lixo além da capacidade
  • 7. Deixar lenços de papel pela casa
  • 8. Xícaras sujas pela casa
  • 9. 'Surfar' entre canais de TV
  • 10. Assistir a novelas


---------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
Retirado de: BBC.

Feito em parceria com Jaun. =]

quinta-feira, 27 de janeiro de 2011

Cientistas transformam bactérias em um super HD de computador


Você pode até se encolher com a mera menção da bactéria E. Coli por causa das doenças terríveis que ela causa. Mas cientistas chineses criaram um uso mais agradável para as “bichinhas” – transformaram as bactérias em unidades de armazenamento de memória.
Os pesquisadores encontraram uma forma de armazenar informação no DNA das bactérias que faz com que um grama de E. Coli seja capaz de armazenar a mesma quantidade de dados do que 450 hard drives de dois terabytes.
O bioarmazenamento, como é conhecida essa técnica, pode parecer surpreendente, mas não é uma técnica nova. A tecnologia já está circulando por aí durante a última década inteira. Mas as tentativas de colocar informações no DNA de outros seres não foi levada adiante – por exemplo, alguns anos atrás uma equipe de cientistas japoneses colocou a teoria da relatividade de Einstein no DNA de bactérias, mas não pesquisou aplicações mais relevantes para o nosso dia a dia.
Agora os cientistas chineses mostraram que não apenas texto, mas imagens, sons e vídeos podem ser armazenados nas células. Os dados são comprimidos, separados em pequenos pedaços e depois, quando queremos usá-los, são mapeados – assim como um CPU faz com os dados que armazenamos em HDs comuns.
Os cientistas até conseguiram criar um método que torna as bactérias completamente seguras contra cyber-ataques, impedindo que alguém invada o sistema e consiga os dados que elas escondem.
Em teoria, o bioarmazenamento de dados em bactérias permite o armazenamento de dados em espaços pequenos e, como as bactérias continuam se replicando, os dados ficam seguros por milênios.
Basta saber se elas usam eletricidade ou ração como comida.

---------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Retirado de: Hype Science e PopSci

O nome científico da bactéria é Escherichia coli, pra quem quiser saber um pouco mais sobre ela, é só clicar aqui.

feat @MTornieri

quarta-feira, 26 de janeiro de 2011

OMG! BLASTOISE!

Minha geração: "Pokemon cards", Tazzo, brick game e etc. Quem nunca teve/colecionou ao menos um desses?!


---------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
Não sei vocês, mas eu fico assim toda vez que mato um mosquito/pernilongo! 

terça-feira, 25 de janeiro de 2011

Apenas Mais Uma de Amor - Lulu Santos

Luiz Maurício Praganda dos Santos (ou Lulu Santos) é um cantor, compositor e guitarrista brasileiro que, atualmente, tem 58 anos. Lulu começou a tocar aos 12 anos, mas gravou seu primeiro disco apenas com 28 anos (1981), e segue até hoje, com 23 álbuns lançados!
Música: Apenas Mais Uma de Amor
Ano: 2000
Álbum: Acústico MTV


e, por fim, meu parceiro de blog (Jaun) me apresentou a versão do cantor "Ratto", famoso no norte do Paraná e oeste paulista, que faz apenas cover (muito bom, diga-se de passagem).


---------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
Fontes: WikipediaLetras e meu amiguinho! rsrs